Leanked . Consultoria em Operações

Wiggins, Responsável pela Cadeia de Abastecimento da John Deere: Porque é que a flexibilidade é fundamental?

Wallas Wiggins

Wallas Wiggins é o responsável pela Cadeia de Abastecimento da John Deere, conhecida fabricante de máquinas e equipamentos para a agricultura, construção, silvicultura, e outras indústrias.

A John Deere é um negócio emblemático dos EUA. Foi em 1837 que o agricultor John Deere inventou a primeira charrua de aço, que foi concebida para cortar através do solo pegajoso das pradarias. Antes do amanhecer do motor de combustão, Deere fez mais do que qualquer outra pessoa para aumentar a produtividade agrícola nos EUA.

Hoje, a John Deere emprega 68.000 pessoas em todo o mundo e tem vendas líquidas anuais e receitas de cerca de 44 mil milhões de dólares. Wiggins é o homem que assegura que os produtos da empresa chegam a milhares de clientes em todo o mundo todos os dias.

Wallas Wiggins Ganhou Experiência na Área do Abastecimento na GM

Wiggins começou a sua carreira em gestão de abastecimento na General Motors, onde passou mais de uma década. Trabalhou na gestão de abastecimento, engenharia, operações e outras áreas. Depois disso, foi trabalhar para uma pequena empresa B2B em Detroit, chamada Covisint, na qual se concentrava em conectar os fornecedores e os fabricantes de equipamento original automóvel.

Foi depois disto, em 2007, que se juntou à John Deere como gestor de qualidade numa instalação na Carolina do Norte. O sua função seguinte foi na equipa de estratégia empresarial na sede da empresa em Moline, Illinois, e foi isto que acabou por o conduzir ao seu papel atual.

Enquanto esteve na John Deere, passou a apreciar o imenso valor da relação com o fornecedor.

As Relações com os Fornecedores foram “Vitais” Durante a Pandemia

John Deere

Durante a pandemia, a força destas relações foi vital para suportar estes tempos desafiantes“, diz ele. “Essas mesmas relações são também a chave para desbloquear a inovação. Muitas vezes os fornecedores abordam-nos para partilhar aquilo em que estão a trabalhar, e isso pode ser uma ferramenta muito poderosa para gerar inovação, crescimento e liderança no mercado.”

É a pandemia, diz Wiggins, que mais lhe ensinou enquanto esteve na empresa. Ele refere que: “Um ponto chave na aprendizagem foi o efeito que a pandemia teve nos nosso colaboradores e o que, como líderes, temos de fazer para garantir que eles consigam ultrapassar. Tem sido um período extremamente stressante para todos, mas especificamente para os que estão na gestão de abastecimento.

É importante dar encorajamento e apoio, fazer com que as pessoas tirem um intervalo quando precisarem, para refresquem a mente antes de voltarem à batalha por produtos e peças”.

Envolver o seu Pessoal “É a Prioridade Número Um”

Wiggins diz que vê “um valor tremendo” na condução de altos níveis de envolvimento “para que as pessoas acordem de manhã e não tenham medo de vir trabalhar“. Ele acrescenta: “Cuidar das pessoas é a prioridade número um”.

Quanto a questões operacionais em torno de fornecedores, diz que a Covid-19 lhe ensinou a importância da resiliência: “Penso que não é possível ter resiliência em excesso. O CEO da Microsoft Satya Nadella disse numa entrevista recente que os bons líderes olham para o futuro e tentam certificar-se de que o que se está a fazer hoje é prepará-lo. Acredito firmemente nisto.”

“Ter uma mente aberta e preparar-se para esse futuro, através da diversificação e mitigação de riscos, tornou-se essencial na Deere, mas também para mim, como líder da gestão da oferta”.

A Flexibilidade Empresarial é Necessária para os Resultados Certos

Wiggins diz que também aprendeu o valor de ser flexível. “Estamos a fazer todo o tipo de coisas que nunca tivemos de fazer antes”, diz ele. “Ser flexível é importante, porque embora tenhamos muitos processos padronizados, estamos a aprender que por vezes temos de ser capazes de nos adaptar“.

Para este fim, diz ele, o ‘Modelo Operacional Industrial Inteligente’ de John Deere “permitiu pensar fora da caixa e lembrou-nos que compreender o resultado exigido é extremamente importante”.

Ele acrescenta: “Com um resultado claro em mente, poderemos encontrar uma forma de lá chegar mais depressa ou mais eficientemente. Algumas coisas não podem levar semanas; devem ser feitas em dias. A rapidez na execução está a tornar-se essencial“.

Supply Chain Digital
Abril, 2022