Leanked . Consultoria em Operações

Valor e Desperdício

valor e despercicioNo contexto da filosofia lean é essencial perceber claramente os conceitos de valor e desperdício.

Valor

Pela perspetiva do consumidor, valor não é só aquilo que recebe em troca de uma quantia monetária, mas também “tudo aquilo que justifica a atenção, o tempo e o esforço que dedicamos a algo” (Pinto, 2009).

Sendo que uma empresa depende essencialmente dos seus consumidores, o objetivo de qualquer organização é criar valor. Para este objetivo ser alcançado deve estar na mente de todos os colaboradores da organização.

É preciso também ter em conta que o valor não é esperado apenas pelos consumidores. Os fornecedores, os colaboradores da organização, os acionistas, entre outros, também pretendem receber valor por parte da organização. Este valor é o que motiva os stakeholders a darem o seu melhor pelo sucesso da empresa.

Desperdício

Desperdício é como são chamadas todas as atividades realizadas que não acrescentam valor ao produto. Estas atividades são também chamadas de “muda”. É fundamental eliminar estas atividades, pois têm custos agregados, e uma vez que não acrescentam valor percetível pelo cliente, este não estará disposto a pagar por essas atividades. Os consumidores procuram sempre conseguir o mesmo produto, com as mesmas características e qualidade pelo custo mais baixo. Assim sendo a organização deve lutar para reduzir os custos de produção do produto, mantendo o mesmo nível de qualidade.

Segundo Pinto (2009), podemos classificar os desperdícios de duas formas:

  1. Desperdício puro: Atividades totalmente desnecessárias, isto é, atividades que não são minimamente necessárias para a fabricação de um produto. Um exemplo destas atividades são reuniões onde nada se decide, pausas demasiado longas para o café, entre outras. É possível este desperdício ser eliminado e as empresas devem fazer disso uma obrigação.
  2. Desperdício necessário: Atividades que têm de ser realizadas embora não acrescentem valor. Este desperdício não pode ser completamente eliminado, mas as empresas devem fazer tudo o que está ao seu alcance para reduzi-lo o máximo possível.

Embora o desperdício se possa manifestar de várias formas, o resultado será sempre o mesmo: “mais tempo e mais custo, sem benefícios”.

Patrícia Ramos
Consultora Leanked